Curso Astrothon

Mais presentes da Jornada para o signo de Touro

trabalhando o roteiro da Jornada para a casa 2 que vou facilitar em Curitiba senti a vontade de compartilhar com vocês que não terão oportunidade de participar os presentes que estamos ganhando e que tanto estão  colaborando com o autoconhecimento, aprimoramento e cura durante o transito do Sol pelo signo de Touro.

Fica a vontade para comentar aqui mesmo na página, te inspira para colaborar com ideias e sugestões.

Ainda este texto vai crescer muito nestes dias, acompanha!

te amo

Hector Othon

O Signo de Touro

Elemento: Terra Modo: Fixo
Polaridade: feminina

Dimensão: primeira

Planeta regente: Vênus
Palavra-chave: “presença”.
Disposição: ancorar, possuir.

Em Touro a energia primordial (Áries) se estabiliza, toma corpo e forma e faz acontecer. O Sol transitando pelo signo de Touro abençoa com a vontade de firmar, estabilizar, assentar, ancorar, fixar, saborear, perceber.

O canal de manifestação da vida que nos oferece o signo de Touro nos presenteia também com a consciência e a sensibilidade da vida no plano físico, especialmente o próprio corpo.

Através das ferramentas com que presenteia o signo de Touro a personalidade toma a posse do próprio corpo e dos objetos que são importantes para a vida cotidiana ou que abre de imediato a chamada de atenção para o dano que provoca o apego, a identificação e o ciume.

Através das faculdades com que presenteia o signo de Touro a pessoa pode sentir prazer, gosto, satisfação diante estímulos físicos e energéticos diferenciados, assim como desprazer, insatisfação, rejeição por outros estímulos.

O signo de Touro inspira a definição e aplicação de valores e princípios que orientam a tomada de atitudes e decisões.

A combinação Terra Fixa exterioriza-se muitas vezes por uma resistência à mudança, forte ênfase no mundo concreto e muita teimosia.

Negativo
Do lado negativo a personalidade pode fazer um uso negativo da energia de Touro e a pessoa virar conservadora, egoísta, possessiva, ciumenta, apegada, resistente a transformações, inercial, preguiçosa, indolente, gulosa.

Vênus

O planeta Vênus é regente do signo de Touro, e assim os deuses e deusas, as entidades e forças associados a ele são seus mentores, protetores, facilitadores. Aqui no Brasil se conhece especialmente as bênçãos de Vênus, Sarasvaty e Oxum, que presenteiam o “eu taurino”, os assuntos da casa dois e sete com a potência do belo, da harmonia e da justiça, e ao mesmo tempo abre os olhos e sensibilidade para ancorar, viver com graça, encanto e simpatia.

Touro outonal e Touro primaveril

O Sol transitando pelo signo de Touro no hemisfério norte incita a alegria, a extroversão, a exterioridade na embriaguez dos eflúvios da Primavera, enquanto que no hemisfério sul convida a interioridade, concentração, recolhimento, sensualidade.

No norte, o fogo da Primavera, vitaliza os corpos e ressalta a sensualidade.

No sul, o touro outonal concentra a força na interioridade e convida a desfrutar da vida com centramento e sensatez.

No Sul o eu taurino é convidado a meditar. Buda nasceu e morreu com o Sol em Touro e seus ensinamentos iluminam as qualidades na personalidade do signo de Touro, luz sem igual para o “eu taurino”, e os desdobramentos do signo de Touro no mundo.

O sol em trânsito pelo signo de Touro

Enquanto o Sol transita pelo signo de Touro os corpos tornam-se mais palpitantes e presentes. Os sentidos potencializam suas sensibilidades e qualidades. Sente-se a necessidade de estar mais presente, ancorado, construir e realizar. O corpo físico ganha em consciência, os sentidos acordam e mostram as riquezas da realidade.

Favorece a vontade de comer, sentir sabores, sentir a pele, acariciar, amassar, apalpar, esbarrar, abraçar, cheirar, beijar, fazer amor, caminhar desfrutando o toque dos pés no chão, a brisa na pele, a embriaguez dos cheiros, as delicias do mundo material.

O Sol em Touro irradia disposição, energia, e abundância para prosperar na vida material, bem-estar, conforto e curtir a vida através dos sentidos. Momento mágico para o ancoramento, enraizamento, encarnação.

Quando o Sol está em trânsito pelo signo de Touro, a pessoa concretiza a identidade que emergiu em Áries, através de atividades produtivas, pragmáticas, que permitem sobreviver e sustentar-se biologicamente. O indivíduo entra em contato com seu som e canta… Nesta fase a capacidade para a experiência sensorial irrompe e traz a pessoa para o contato físico com o mundo e com sua própria realidade. Ancora-se a força, percebe-se a realidade, assenta-se os propósitos e com senso de realidade batalha-se por conseguir o que se necessita… É um período em que se ganha maturidade, assentamento e consistência.

O novo ser gerado em Áries finca os pés no chão e cria-se a base que vai servir de alicerce para a geração de sonhos, ideias e projetos.

Na passagem do Sol pelo signo de Touro aprende-se a construir o Espaço Sagrado, a estabelecer limites saudáveis, a se distanciar do que agride ou incomoda.

Este é um momento de consolidação e crescimento interior. Armazenam-se frutos dos esforços de autoconhecimento e examina-se a si mesmo para descobrir que mudanças se necessitam para progredir, quando o tempo de renovação chegar.

Touro, casa 2, meio do outono e o Calendário Sagrado – 20 de abril a 20 de março

Na iluminação e estudo dos “assuntos da casa 2″ podem se usar as sugestões do trânsito do Sol pelo signo de Touro e a fase intermediária do Outono.
Enquanto o Sol transita pelo signo de Touro podemos nos librar de tudo aquilo que não usamos mais, revemos como está nossa relação com o que possuímos, renovamos nossos valores, focamos como anda nossa vida material e finanças.

A natureza no sul vivendo o meio do outono nos sugere a interioridade, o despojamento, o desapego, a libertação da reatividade e a potencialização da proatividade.

Sugestões da Jornada para o estudo da Casa 2:

Posses

  • Fazer um inventário do que se possui, ver em que situação se encontra cada coisa, e qual o melhor uso que no momento cada coisa pode ter;
  • Definir um dia para encaminhar o que não se esteja usando;
  • Colocar cada coisa para seu lugar, e tratar cada coisa como tem que ser tratada;

Locais que se ocupa

  • Fazer uma inspeção nos locais que se ocupa (casa, local de trabalho): Observar o estado físico, decoração, e adequar o local a suas necessidades e gosto do momento;
  • Fazer renovação astral (defumação) no lugar onde se mora, nas coisas que se possui para que as coisas estejam prontas para serem usadas;

Dinheiro, recursos materiais

  • Fazer uma avaliação de como anda a vida financeira;
  • Fazer um levantamento do seu custo atual de vida ideal;
  • Elaborar projetos de prosperidade atendendo sonhos, desejos, metas, necessidades atuais de dinheiro.

Princípios e valores

  • Escrever os valores que sustentam os propósitos e missão de vida, pode ser feito casa por casa;

Talentos, dons

  • Perceber os talentos e dons que sustentam os propósitos e missão de vida;
  • Detectar que talentos e dons deverão ser transformados em habilidades, aptidões, competências exigidas pela profissão, pelos propósitos, pela missão de vida.

Rituais

  • Ritos de liberação de vícios;
  • Rito de ruptura de condenações, de pactos, de maldições, de alianças;
  • Rituais de jejum;
  • Ritual do perdão a Mãe Terra – compromisso com a vida sustentável;
  • Ritual de conexão com a Mãe Terra;
  • Rituais de limpeza, depuração, despojamento, desapego;
  • Rituais de separação (descasamento, separação de parcerias);
  • Rituais de imersão, de recolhimento, de estudo interior;
  • Rituais e atividades para detectar os falsos eus, falsos valores, costumes que não tem a ver com a pessoa;
  • Ritual do Silêncio;
  • Caminhada meditativa (silêncio) na mata (elaboração do bastão de plantas para limpeza e purificação);
  • Oração para transmutar e iluminar o que não corresponde mais;
  • Rituais de avaliação das Sombras, negatividades;
  • Ritual do enterramento (enterramento na terra ou na areia só com a cabeça por fora);
  • Rituais de conexão com o Reino Mineral;
  • Rituais e meditação sobre a Missão – Quem sou eu? Para onde vou? Que caminho percorro? (em duplas – Quem é vc?)

Rituais de desapego

Eu, consciente da morte, consciente que nada neste mundo me pertence, me desapego de meu próprio corpo e de tudo o que possuo.

Agradeço tudo o que me corresponde e me comprometo a cuidar, proteger e usar sendo justo e atento a vontade e melhor destino do que possuo.

Rituais de descasamento

Agradeço a meu ex-parceiro pelas experiências vividas, agradeço a participação de todas as pessoas envolvidas! Declaro a sociedade e especialmente a todas as pessoas envolvidas que meu (casamento ou parceria ou namoro ou associação) com … (menciona o nome do ex…) finalizou e assim a partir de agora cada um está livre para refazer sua vida como decidir sem ter que dar contas, explicações, informações.

Rituais de liberação do ciumes

Peço perdão a todas as pessoas que perturbei com meu ciumes e apego. Comprometo-me a me trabalhar enquanto for castigado pelo ciumes.

Ação de desapego

O que preciso liberar para renovar? – Encaminho para o lugar e a pessoa certa o que não me seja útil ou não me inspire alegria, bem-estar, felicidade na minha vida, casa, no ambiente de trabalho, nos espaços que ocupo.

Experimente checar o quanto está dependente ou apegado a algo, limitando o seu uso ou posse e auto-observando o que acontece com você – esteja atento a aquilo que seja dependente.

Rituais de ruptura de pactos, condenações, maldições

Eu (fala seu nome) rompo todos os pactos, libero condenações, maldições que possa ter feito nesta vida ou em outras. Peço perdão as pessoas envolvidas e afetadas.

Ritual de conciliação e perdão ao planeta Terra e a Natureza

Peço perdão ao Planeta Terra e a Natureza por todo impacto negativo que possa ter feito na minha ignorância e irresponsabilidade (cada um fala o que sente pode ter feito de impacto negativo

Tipo:

– jogar objetos impactantes negativamente em locais inadequados: óleo na pia da cozinha, pilhas no lixo comum, plástico na rua,… 

– desmatar…

– jogar veneno no solo…

– colocar cimento acima do solo – dimininuir a respiração do solo…

– contaminar o ar com química

– deixar morrer plantas, animais…

A partir de agora vou me esmerar em diminuir meu impacto negativo e em colaborar com a proteção e preservação da natureza.

Ritual de conciliação com o corpo

Peço perdão a meu corpo por todo impacto negativo que possa ter feito na minha ignorância e irresponsabilidade (cada um fala o que sente pode ter feito de impacto negativo

Tipo:

– adotar na minha rotina posturas corporais deformadoras ou agressivas a minhas articulações 

– comer alimentos agressivos ao funcionamento de meu metabolismo e digestão tipo: coca cola, refrigerantes em geral, alimentos conservados quimicamente, alcool em excesso, cigarros, etc…

– respirar ar contaminado…

Vou me esmerar em me cuidar e tratar o meu corpo como meu templo sagrado que me acolhe e viabiliza a vida.

Ritual do embelezamento da voz

Vou me escutar e aprimorar a qualidade de minha voz a tal ponto que quando fale, cante acaricie o ouvido de quem me escuta.

(logo continuo)

Para se inscrever para as Palestras-vivências ou para consultas em Curitiva, preencha o formulário:
http://bit.ly/rodacuritiba
ou envie um email para canalastrothon@gmail.com


Outono, folhas a voar

te amo

Hector Othon

23 de abril de 2016

0Respostas em Mais presentes da Jornada para o signo de Touro"

©2015 Astrothon.